quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Parte II – 2º Dia - Beto Carrero – Penha.

O dia amanheceu ensolarado, acordamos cedo e as 08h15 a van chegou, por volta de 09h chegamos em Penha e podemos ter a primeira visão do Parque,a nova montanha Russa do parque.
A primeira coisa que fizemos ao chegar foi tirar várias fotos na frente do Castelo onde é a entrada do Parque, e também concentra alguns serviços como Guarda volumes e caixas eletrônicos e lojas de lembrancinhas.

Para conhecer tuuuudo do parque são necessários dois dias, eu desfrutei apenas um, e me diverti bastante, exclui apenas os shows que são pagos a parte, como o show de carros, que para quem gosta de carros é indispensável. Também não assisti “Excalibur”, mas esse foi por esquecimento mesmo.
A primeira atração que fomos assistir foi o Passeio de trenzinho no Dinomagic, um passeio incrível, muito bom que agrada a todos adultos e crianças, o segredo é ir cedo para a fila, como nos dirigimos direto conseguimos lugares bem na frente. Durante o passeio acontece algumas encenações que dão mais emoção ao passeio. Um assalto e uma pane são os pontos-altos, minha sugestão é estar com câmeras preparadas.
Após o passeio que demora pouco mais de meia hora, aproveitamos o restante do parque, os brinquedos de aventura estão localizados bem ao lado, inclusive uma pista de Kart.
A Bruna, minha pequena parceira de viagem, apesar de já ter altura suficiente, ficou com um pouco de medo de alguns brinquedos. Mas o Tchibum foi quase obrigatório – Esqueci de levar uma capa de chuva, vende na entrada do parque por R$ 10,00  mas tinha outra blusa na bolsa - impossível sai seco desse brinquedo, tirei os tênis e enrolei a calça, dica: adultos na frente, atrapalha um pouco a foto, mas a barra de apoio fica meio escorregadia com a água e como são duas subidas com o peso a criança pode ser levemente esmagada, vi acontecer! Outra coisa a foto é tirada na segunda descida!
Depois fomos à montanha-russa mais light, que mesmo assim quase me deixa sem voz. A vantagem de ir durante a baixa temporada é a ausência de filas! Me contaram que em alta temporada a fila demora até 1hora!!!! Eu dei duas voltas seguidas sem ficar em fila nenhuma. 
Hora do almoço, apesar de ter esquecido que o show Excalibur ser justamente nesse horário, fomos para a praça de alimentação, que conta com uma diversidade de tipos de comidas e lanches, tem um Carrossel de dois andares que encanta as crianças!!!
Saindo da praça de alimentação é fácil acesso ao Raskapuska, outra das atrações imperdíveis do parque, foi a única fila que peguei durante a visita. Lindo, colorido, as crianças menores podem se assustar na entrada que é meio sombria, mas lá dentro vão adorar um passeio delicioso que começa com o mundo de coelhinhos e ovos de páscoa. A foto na saída é a mais bonita, como é uma descida leve da pra sair sorrindo!
O parque de diversão a moda antiga fica quase em frente a saída de Raskapuska, roda gigante, Xícara maluca, e um jardim gigante do mundo de Lilica Ripilica e a montanha russa do T.Tigor, essa localizada na parte germânica do parque pertinho do mundo dos cavalos. A Bruna adorou tudo. A roda gigante tem uma das melhores vistas do parque, as fotos tiradas de lá são muito bonitas!
A parte mais ou menos do parque, segundo minha opinião, foi a ilha dos piratas. O único brinquedo é o navio pirata e tem uma banda de bonecos-piratas fazendo um show num palco na praia. A casa dos espelhos me agradou menos que a aranha-gigante. Não demoramos nessa parte do parque. 
'Por fora, o único passaporte que comprei foi um passeio de helicóptero panorâmico com duração de 5 minutos, para 4 pessoas, estávamos bem confortáveis pos fomos apenas com mais um acompanhante o roteiro do Sol custou R$ 90 cada, e sobrevoa toda a região, uma vista lindíssima do oceano e das montanhas que são características da região. Vale a pena!
AS 16h tem o Show Acqua, gratuito, basta conseguir uma boa vaga no teatro, é um espetáculo circense divino, com bailarinos e coreografia baseados no fundo do mar. Deixamos para ver o Zoológico por último, os elefantes estavam de férias para reforma do ambiente deles, mas vimos girafas, leões, tigres, zebras, lemingues, animais que não são comuns na Amazônia.

Antes do show de encerramento fizemos compras no centro de serviços do parque, chaveiros com formato de chapéu de cowboy eram as opções mais em conta e tinham em várias cores, mas as lojas oferecem roupas da Grife Beto Carrero, bonés, canecas, chapéus e uma seleção de Vinhos!

O Show de Encerramento começa no Memorial, perto do velho Oeste, por volta das 18h, é simplesmente o melhor musical que eu já vi, cativante e engraçado. Bruna ainda ganhou um lencinho de cowboy do “Beto Carrero”.


Alguns Personagens de Madagascar, Kung-fu Panda e Shrek podem estar por lá

Nenhum comentário:

Postar um comentário